Na 4ª Assembleia Geral da ADUFDourados professores deliberam agenda de luta

Na última segunda-feira (06) os sindicalizados presentes na sede da ADUFDourados para a 4ª assembleia ordinária encaminharam agenda de luta contra os ataques do governo ilegítimo de Temer aos direitos dos trabalhadores. O ANDES/SN e a recém criada Frente Nacional em Defesa das Instituições Públicas de Ensino Superior fizeram um chamado à paralisação com mobilização para o próximo dia 10.

Diante de um imobilismo generalizado e um duro ataque as universidades brasileiras, com risco crescente de desmonte definitivo da Universidade Pública, os professores optaram por ampliar o dia 10 para dois dias de mobilização dentro da UFGD. A proposta encaminhada é que na sexta-feira (10) às 9:30h aconteça um café político no Centro de Convivência da Unidade II, a concentração e mobilização para o ato começa às 8h no mesmo local. Na segunda-feira (13) o ato acontecerá no Bloco C da Unidade II às 21h, a concentração se inicia às 19:30 no mesmo local.

Nesta quarta-feira (8) e quinta-feira (9) a diretoria da ADUFDourados fará passagens nos gabinetes e secretarias convocando a comunidade acadêmica para as mobilizações. Os principais ataques do governo ilegítimo de Temer à carreia e a Universidade Pública é a Emenda Constitucional 95 (congelamento dos gastos públicos), a Medida Provisória 805/17 que aumenta a contribuição previdenciária de 11% para 14%, a Proposta de Emenda à Constituição 366/17 que propõe o fim da gratuidade da Universidade Pública, A Média Provisória 792/17 (Programa de Demissão Voluntária) – que estabelece recompensa para quem quiser se desligar do serviço público, além da Reforma da Previdência e Trabalhista.

S.O.S. Educação!

A existência da carreira precede nossas atividades!

Agenda de lutas ADUFDourados:

agendaadufdourados

Confira a nota contra o PDV (MP792/17) feita a partir da última assembleia (04/10)

nota